quarta-feira, 6 de maio de 2020

Um alô para amigos e irmãos

Como vai meu querido irmão, espero que bem, eu estou em minhas lutas pessoais, peço oração a todos que visitam aqui, e em meio as lutas arrumei um passatempo que foi atualizar o meu blog o http://www.reidacocadapreta.com.br para distrair e trabalhar um pouco na rede de sites e blogs que tinha montado no passado e sobrevivido dos lucros da monetização de sites e blogs. Quero deixar um abraço fraterno a todos aqui e visitem o blog quando quiserem!!

sábado, 8 de junho de 2019

Terapia de Cristo: Apenas Normais

Terapia de Cristo: Apenas Normais:   Há dias em que você sente dor e não sabe dizer aonde. Dores incomunicáveis. Normal. Tempos em que você procura explicação para um mundo d...

domingo, 19 de maio de 2019

Quebrando o silêncio

Eu quebro o silêncio quando manifesto meus sentimentos, minhas emoções, meu ser em movimento quebra o silêncio do sofrimento. O Silêncio pode ser algo perturbador quando não expressado. Ele diminui de tamanho nosso ser nos tornando pequenos diante do mundo, das situações, das pessoas. A vida é uma luta entre o silêncio e o barulho do pulsar de nossos corações. Precisamos muitas vezes do silêncio e muitas vezes do barulho para nos tirar da letargia do sofrer diário quando se está transtornado com os problemas.
Quebre o silêncio quando estiver sofrendo com uma música que goste, uma oração, um mergulho na piscina, uma caminhada na praia ao por do sol, saia da letargia e da depressão. Saia do caminho da doença sendo são, sadio, saudável com aquilo que te faz feliz e realizado.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Como acreditar no sobrenatural quando você tem depressão profunda, síndrome de pânico e transtorno de ansiedade generalizada

Olá tudo bem, gostaria de deixar uma mensagem positiva para quem está lendo, eu sofri há 3 anos atrás um stress pós traumático onde deixou sequelas como depressão profunda, síndrome de pânico e transtorno de ansiedade, como eu continuei acreditando que Deus poderia se mover em minha vida durante este tempo, me esforcei muito para ter uma vida normal, pratiquei muitos esportes, fui a reuniões na igreja, tive apoio de um casal de pastores, e um outro pastor também me apoiou onde tive uma grande libertação, minha cura infelizmente não tem sido de uma só vez, meu psicólogo fala que minha cura é gradual e assim eu convivo com a realidade de cada dia ser uma luta viver, tem dias que não estou bem, depressão forte ou ansiedade me acelerando, mas encontro esperança no meu coração para continuar lutando, pelas minhas 2 filhas, de 8 anos e 15 anos, pela minha esposa que também adoeceu fazendo um quadro bipolar, eu busco em Deus a força necessária para poder viver, e luto contra o desespero e a fraqueza, além de lutar contra a tristeza profunda e perturbação mental, mas continuo acreditando em um Deus misericordioso que vai me ajudar a vencer.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Ora a fé é a certeza...

Lindo tela da fé